Brasília, 26 de Junho de 2019
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

Frente Parlamentar da Bioeconomia será lançada dia 26 21.06.2019
Brasília -- Um pacto entre a natureza e a sociedade que traz ao Brasil desenvolvimento econômico, sustentável e inovador. Este é o objetivo da Frente Parlamentar Mista pela Inovação na Bioeconomia (FPBioeconomia), que será lançada no próximo dia 26/06, em Brasília, pelo Congresso Nacional em conjunto com representantes do setor privado, governo, academia e sociedade civil.
 
“O caminho da sustentabilidade está justamente na pesquisa avançada voltada à bioeconomia e até o momento não tivemos políticas públicas focadas nesta pauta”, explica o presidente da FPBioeconomia, deputado federal Paulo Ganime (NOVO/RJ). Segundo o parlamentar, países muito menores e menos ricos em biodiversidade já realizam um trabalho de excelência em setores como biomassa, biogás, aplicação de organismos biológicos e bioeconomia circular. “Chegou a vez do Brasil também ter políticas que propiciem o desenvolvimento científico, econômico e ambiental neste tema em que temos tamanho potencial”, afirma.
 
A FPBioeconomia já conta com a participação de 212 deputados e 12 senadores e o apoio de sete entidades do setor, duas universidades e de seis ministérios (vide lista abaixo). A nova Frente chega pensando em um futuro próximo, que valorize o uso ético e sustentável da biodiversidade, da biomassa e do conhecimento em biotecnologia. O objetivo é criar um cenário onde biorrefinarias revitalizam e expandem o PIB industrial para todas as regiões do país, consolidando o Brasil como um líder e referência (bio)tecnológica na transição global para uma economia circular de baixo carbono.
 
“A Frente Parlamentar da Bioeconomia terá um extraordinário potencial de construir políticas públicas que poderão impulsionar o setor e o desenvolvimento de nossa sociedade. A Embrapa quer ser parceira nesse processo”, diz o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Sebastião Barbosa.
 
Além disso, a FPBioeconomia vai atuar na redução dos riscos e custos de investimentos em inovação e aumentar os níveis de atividades de pesquisa, desenvolvimento e produção industrial elevando a representação da bioeconomia no PIB brasileiro. Na agenda da FPBioeconomia para os próximos meses estão incluídos cursos sobre bioeconomia  e visitas técnicas a biorrefinarias promovidos pelo SENAI, o Fórum & Prêmio Brasil Bioeconomia 2019 e a Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU) no Chile.
 
A Confederação Nacional da Indústria (CNI), outra entidade que apoiou a construção da nova Frente, acredita que o Brasil pode assumir maior protagonismo no mercado mundial no setor. “Entre as questões prioritárias para a bioeconomia evoluir no país estão estímulo à ciência, tecnologia e inovação, fortalecimento da parceria entre universidades e o setor produtivo e a ampliação de investimentos para elevar a representação da bioeconomia no PIB brasileiro”, afirma o gerente-executivo de Meio Ambiente e Sustentabilidade da CNI, Davi Bomtempo.
 
A bioeconomia busca por inovações tecnológicas na aplicação de recursos biológicos e renováveis em processos industriais para gerar atividade econômica circular e benefício social e ambiental coletivo. Diversos setores são impactados por este modelo industrial, que mudam e inovam para produzir mais, com menos insumos. São novas formas de produzir, por exemplo, cosméticos, probióticos, bebidas, alimentos, vitaminas, produtos de limpeza, plásticos e embalagens, além dos biocombustíveis.
 
“A bioeconomia já movimenta globalmente mais de USD 2 trilhões e suas atividades estão no cerne de mais da metade dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, desde a segurança alimentar até a garantia de acesso à energia e saúde”, completa o presidente da Associação Brasileira de Bioinovação (ABBI), Bernardo Silva.
 


ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENTÃ?RIOS (0)  

Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

25-06-2019 Bolsonaro recua e revoga seu decretro sobre armas
25-06-2019 Presidente do BC reconhece frustração com juros bancários
25-06-2019 STF nega habeas corpus e decide manter Lula na prisão
25-06-2019 O saneamento pelo mundo
25-06-2019 Bolsonaro quer vetar lista tríplice para novo Procurador
25-06-2019 Lorotas e meias verdades
VEJA MAIS

25-06-2019 Presidente do BC reconhece frustração com juros bancários
25-06-2019 STF nega habeas corpus e decide manter Lula na prisão
25-06-2019 O saneamento pelo mundo
25-06-2019 Bolsonaro quer vetar lista tríplice para novo Procurador
25-06-2019 Lorotas e meias verdades

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152