Brasília, 23 de Janeiro de 2018
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

CORRUPÇÃO
Dirceu sai das sombras e fala em volta do PT ao governo 08.07.2017
Divulgação
Dirceu está de volta a Brasília

Da Redação

Brasília - O agravamento da crise no País e a saída pelos fundos do presidente Michel Temer estão assanhando novamente os caciques petistas, que já estavam fora do baralho devido ao envolvimento com os escândalos de corrupção que pipocaram nos últimos anos.

Um deles é o ex-deputado José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil e homem forte do governo Lula, gravou um áudio para a militância petista dizendo que seu grupo político vai “retomar o governo do Brasil”. No áudio, que circula em redes sociais, Dirceu afirma que os adversários do PT “deram um golpe, rasgaram a constituição, rasgaram o pacto social”.

A gravação dura 45 segundos e teria sido feita por Dimas Roque, dirigente petista que atua na área de mídias digitais. “Quase boa noite em Brasília. Brasília está fria, é coisa rara. Aqui é o Zé Dirceu, estou aqui com o Dimas. Quero mandar um abraço fraterno, afetivo, de gratidão a todos. Continuo firme, de pé e na luta. Como vocês sabem, nós vamos retomar o governo do Brasil. Eles tomaram na mão, deram um golpe, rasgaram a Constituição, rasgaram o pacto social, mas o povo está conosco. Vamos voltar. Um grande abraço. Tuiteiros do PT, na luta”, diz o ex-ministro no áudio.

Dirceu deixou a cadeia em maio, após a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) ter revogado, por 3 votos a 2, a prisão preventiva do ex-ministro. O juiz Sergio Moro acatou a decisão, mas determinou o uso de tornozeleira eletrônica e proibiu Dirceu de manter contato ou se encontrar com investigados na operação e de sair dos limites da cidade onde declarou residência — no caso, Brasília.

O ex-ministro tinha sido preso em 3 de agosto de 2015, nove meses após ter deixado o presídio da Papuda, no Distrito Federal, para cumprir prisão domiciliar no escândalo do Mensalão. Ele foi o alvo principal da 17ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Pixuleco, em referência ao nome supostamente usado por petistas para se referir a propina.

Dirceu já foi condenado a mais de 31 anos de prisão por Moro por crimes como corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertinência da organização criminosa. 

Com agências



ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENT√?RIOS (0)  

Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

23-01-2018 Ex-secretário de Obras do Rio é preso por receber propinas
22-01-2018 TRF-4 só absolveu 5 dos 77 condenados por Moro
19-01-2018 Temer nega ter autorizado Loures a receber propina
18-01-2018 Caixa deve limitar indica√ß√Ķes pol√≠ticas para dirigentes
17-01-2018 Temer afasta 4 vices da Caixa por suspeita de corrupção
13-01-2018 A politização do crime
VEJA MAIS

23-01-2018 Cabral tinha postura desafiadora, diz delegado
23-01-2018 Ex-secretário de Obras do Rio é preso por receber propinas
22-01-2018 TRF-4 só absolveu 5 dos 77 condenados por Moro
21-01-2018 STF suspende a posse de ministra do Trabalho
21-01-2018 Eles n√£o nos representam

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152