Brasília, 16 de Outubro de 2018
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

CRISE VIZINHA
Brasil expulsa diplomata venezuelano em resposta a Maduro 27.12.2017
Divulgação
Maduro tem sido crítico a Temer

Brasília - O Itamaraty declarou o encarregado de negócios da embaixada da Venezuela em Brasília, Geraldo Antonio Delgado Maldonado, como "persona non grata". Há três dias, a Assembleia Constituinte da Venezuela anunciou a expulsão do embaixador do Brasil do país. O Brasil ainda não recebeu notificação oficial da Venezuela, contudo.

O ministério das Relações Exteriores expulsou o encarregado de negócios pois há mais de um ano a Venezuela está sem embaixador no Brasil. O diplomata Alberto Efraim Castellar Padilla, designado para a chefia do posto em Brasília, não chegou a apresentar credenciais para assumir o cargo.

A crise diplomática entre Brasil e Venezuela teve início com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016. Caracas classificou a deposição de Dilma como golpe de Estado. Mais tarde, Brasil e demais países do Mercosul decidiram expulsar a Venezuela do bloco, entre outras medidas de represália.

De acordo com o Itamaraty, o prazo para que o diplomata venezuelano deixe o Brasil será o mesmo que será dado pelo governo da Venezuela para que Ruy Pereira deixe o país vizinho.

A declaração de persona non grata ou não aceitável está prevista na Convenção de Viena e é uma das medidas diplomáticas mais duras que podem ser adotadas pelos países signatários do acordo. Segundo o Artigo 9 da convenção, após a decretação de persona non grata, o país deverá retirar a diplomata em questão do país que tomou a medida ou dar por terminadas as funções diplomáticas do representante.

Se o país se recusar a aceitar ou retirar o representante que foi considerado não aceitável em um prazo razoável, o país que adotou a medida pode não mais reconhecer o cidadão do outro Estado como membro do corpo diplomático.

Com Agência Brasil 



ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENT√?RIOS (0)  

Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

14-10-2018 Bolsonaro aceita debater com Haddad sem apoio de Lula
24-09-2018 Toffoli assume Planalto com viagem de Temer aos EUA
21-09-2018 Olho no vice
09-09-2018 Manifestação marca morte de pintor em Roraima
01-09-2018 Governo pato manco, candidatos-sabonete e apologia do horror
27-08-2018 Roraima, ingenuidades...e quem tem o medo do PT?
VEJA MAIS

16-10-2018 O trunfo é paus
16-10-2018 Rejeição a Haddad chega a 47%, aponta Ibope
15-10-2018 A nova estratégia populista
16-10-2018 Bolsonaro tem 59% e Haddad 41% na pesquisa Ibope
14-10-2018 Bolsonaro aceita debater com Haddad sem apoio de Lula

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152