Brasília, 15 de Agosto de 2018
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

PETROLÃO
Petrobras vai vender refinaria de Pasadena 07.02.2018
Divulgação
Pasadena foi mar de prejuízo para a Petrobras

Brasília - A Petrobras anunciou na noite de terça-feira (6) o início do processo de venda da sua refinaria de Pasadena, localizada no Texas, Estados Unidos. Por meio de sua afiliada Petrobras America Inc (PAI), a companhia iniciou a etapa de divulgação da oportunidade, com um teaser (técnica de marketing) para chamar a atenção para a venda da unidade.

A venda da refinaria, alvo de uma série de denúncias de corrupção na gestão do governo anterior investigadas pela operação Lava Jato, deve incluir ainda um terreno localizado no canal marítimo de acesso a Houston, para oportunidades de expansão futura, disse a Petrobras em fato relevante. 

A compra de Pasadena levantou polêmica e começou a trazer à tona esquemas de corrupção na Petrobras. A companhia comprou em 2006, por US$ 360 milhões, uma participação de 50% na refinaria. Um ano antes, a belga Astra Oil tinha comprado toda refinaria US$ 42,5 milhões. O ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró afirmou, em delação premiada, que houve pagamento de propina na negociação com a estatal. A compra foi autorizada pelo Conselho de Administração da Petrobras, na época presidido por Dilma Rousseff.

Ao todo, a Petrobras pagou cerca de US$ 1,2 bilhão por Pasadena, em negócio que envolveu inicialmente 50% do ativo, por US$ 360 milhões, em 2005.

 

De acordo com a petroleira, além da refinaria, a oportunidade inclui todo o sistema de operações de refino de Pasadena. A refinaria tem capacidade de processamento de 110 mil barris de petróleo por dia e capacidade de armazenamento de 5,1 milhões de barris do produto e derivados. O anúncio se estende ainda ao terminal marítimo, à logística e aos estoques associados, além de um terreno estrategicamente localizado no canal marítimo de acesso à cidade de Houston (Houston Ship Channel), para oportunidades de expansão futura.

Conforme a Petrobras, com a transação está prevista a alienação da participação da PAI nas empresas Pasadena Refining System, Inc, PRSI Trading LLC e PRSI Real Property Holdings LLC.

Segundo a companhia, o teaser, que descreve as principais informações sobre a oportunidade e os critérios objetivos para a seleção de potenciais participantes no processo, pode ser consultado no site da Petrobras.

Entre a divulgação da oportunidade e o fechamento da operação, chamada de closing, a empresa terá outros quatro estágios a seguir: Início da fase não-vinculante (quando for o caso); Início da fase vinculante; Concessão de exclusividade para negociação (quando for o caso); e Aprovação da transação pela alta administração (Diretoria Executiva e Conselho de Administração) e assinatura dos contratos.

A Petrobras informou que a divulgação ao mercado está alinhada à sistemática para os desinvestimentos da Petrobras e às orientações do Tribunal de Contas da União.

Com agências 



ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENT√?RIOS (0)  

Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

01-03-2018 PGR cobra R$ 63,1 milh√Ķes de Marcelo Odebrecht
19-09-2017 STF mant√©m com Moro dela√ß√Ķes sobre Gim Argello
23-08-2017 Nova fase da Lava Jato mira em filho de ministro do TCU
01-03-2017 Odebrecht livra Temer e implica Dilma no petrol√£o
20-01-2017 Morte de Teori atrasar√° investiga√ß√Ķes da Lava Jato
16-01-2017 Tribunal mantém ou endurece penas de Moro no petrolão
VEJA MAIS

15-08-2018 Alckmin presta depoimento sobre caixa 2 em campanhas
15-08-2018 Deputado-presidi√°rio tem liminar para registrar candidatura
15-08-2018 Relator pode negar pedido de Lula, diz presidente do TSE
14-08-2018 Primeira Turma do STF rejeita recurso de Agripino
14-08-2018 Mantega vira r√©u por propina de R$ 50 milh√Ķes

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152