Brasília, 20 de Janeiro de 2019
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

FARRA PÚBLICA
Ministro do STF suspende auxílios a procuradores 10.02.2018
Divulgação
Barroso suspendeu pagamentos

Brasília - O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu, em caráter provisório, o pagamento de auxílio-livro e auxílio-saúde aos membros do Ministério Público de Minas Gerais. 

Na decisão, Barroso afirmou que manter os auxílios daria continuidade ao que ele chamou de um sistema indevido de vantagens inconstitucionais.
 
O pagamento dos dois auxílios foi aprovado em 2014 por meio de uma lei complementar da Assembleia Legislativa, e garante auxílio para compra de livros até a metade do salário mensal, de aproximadamente R$ 26 mil.
 
Além disso, os membros do MP também podem receber auxílio-saúde, limitado a 10% do salário. No contracheque, os dois benefícios são somados com a remuneração mensal.
 
Agora a liminar será submetida ao plenário da Corte para julgamento definitivo, ainda sem data.

Com agências


ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENTÃ?RIOS (0)  

Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

VEJA MAIS

19-01-2019 Coaf mostra 50 depósitos na conta de Flávio Bolsonaro
19-01-2019 Crônica de uma encrenca anunciada
18-01-2019 Bolsonaro assina MP para combater fraudes no INSS
18-01-2019 Palocci diz que entregou propina em dinheiro a Lula
17-01-2019 Supremo e o voto secreto no Senado

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152