Brasília, 23 de Janeiro de 2019
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

BRASIL EM CRISE
Greve de caminhoneiros deixa 14 aeroportos sem combustível 27.05.2018
Divulgação
Caminhões continuam parados nas rodovias

Brasília - Apesar da ação das Forças Armadas e das polícias Federal, Rodoviária Federal e PM, a situação do abastecimento de combustíveis e alimentos está caótica em vários Estados. Segundo a Infraero, pelo menos 14 aeroportos brasileiros estão sem combustível, na manhã deste domingo (27).

A greve dos caminhoneiros chega ao sétimo dia e ainda provoca transtornos às empresas e aos passageiros. Os dados foram atualizados às 7h30 da manhã e passam por dificuldades os aeroportos de Carajás (PA), São José dos Campos (SP), Uberlândia (MG), Ilhéus (BA), Goiânia (GO), Campina Grande (PB), Juazeiro do Norte (CE), Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Vitória (ES), Petrolina (PE), Joinville (SC) e João Pessoa (PB).

A Infraero informa que continua monitorando o abastecimento de querosene de aviação por parte dos fornecedores que atuam nos terminais.

A empresa alertou aos operadores de aeronaves que avaliem seus planejamentos de voos para que cada um possa definir sua melhor estratégia de abastecimento de acordo com o estoque disponível nos terminais de origem e destino.

A instituição está em contato com órgãos públicos relacionados ao setor aéreo para garantir a chegada dos caminhões com combustível de aviação aos aeroportos administrados pela empresa.

Os aeroportos estão abertos e têm condições de receber pousos e decolagens. Nos terminais em que o abastecimento está indisponível no momento, as aeronaves que chegarem só poderão decolar se tiverem combustível suficiente para a próxima etapa do voo.

“Aos passageiros, a Infraero recomenda que procurem suas companhias para consultar a situação de seus voos. Aos operadores de aeronaves, a empresa orienta que planejem seus voos de acordo com a disponibilidade de combustível na rota pretendida”, ressaltou a nota.

Situação nas aéreas

Latam

Passageiros com partidas, chegadas ou conexões domésticas até às 14h deste domingo nos aeroportos de Brasília, Confins e Recife podem alterar seus voos sem a cobrança de taxa de remarcação e das diferenças tarifárias da passagem para nova data, sem multas, de acordo com a disponibilidade.

Os passageiros que tenham como origem ou destino o aeroporto de Brasília e Recife podem também solicitar o reembolso integral de suas viagens marcadas para até as 14h deste domingo.

Gol

De acordo com a assessoria de imprensa da companhia, nenhum voo ainda foi cancelado, mas a empresa solicita que os clientes liguem para a central de atendimento (0800 704 0465) antes de ir ao aeroporto.

Azul

Até às 8h, nenhum voo cancelado na manhã deste domingo. No entanto, o serviço de de ônibus gratuito oferecido aos clientes de e para o Aeroporto de Viracopos segue suspenso.

Avianca

Já informado na última sexta-feira (25), foram cancelados nove voos na manhã deste domingo.

Com agências
 



ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENTÃ?RIOS (0)  

Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

11-01-2019 IBGE aponta que inflação de 2018 fechou em 3,75%
09-12-2018 Conselhos aprovam intervenção em Roraima
08-12-2018 Interventor de Roraima diz que prioridade será pagar salários
19-11-2018 Menor resistência
08-09-2018 Esquerda gerou o ambiente de ódio
29-08-2018 Alckmin promete rigor contra invasão de terras
VEJA MAIS

22-01-2019 Atuação ilegal do Coaf no caso Flávio Bolsonaro e o vazamento de dados sigilosos
22-01-2019 Bolsonaro quer harmonia entre desenvolvimento e preservação
21-01-2019 Mourão defende 35 anos de contribuição para militares
21-01-2019 Mercado projeta inflação de 4% e PIB de 2,53% em 2019
21-01-2019 As tensões na agenda

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152