Brasília, 23 de Fevereiro de 2019
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

JUSTIÇA
Gilmar rejeita pedido contra prisão em segunda instância 30.06.2018
Divulgação
Gilmar Mendes arquivou pedido

Brasília - O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou nesta sexta-feira (29) um pedido do PT e do PCdoB que buscava suspender as prisões de condenados em segunda instância – como é o caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O recurso também apontava omissão da presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, ao não pautar para julgamento uma ação sobre o tema.

Gilmar, que é contra a prisão em segunda instância, afirmou na decisão que não houve omissão por parte da colega de tribunal. “Por mais relevante que possa ser a questão debatida, a Presidência do STF tem poder de organizar a ordem dos processos a serem julgados”, assinalou o magistrado. “No caso concreto, o tempo de pendência da ação anterior é exíguo. Além disso, não se trata de questão ainda não discutida, a merecer uma solução primeira e urgente do tribunal.”

O ministro lembrou que o plenário do Supremo já discutiu várias vezes a possibilidade de prisão em segunda instância e reconheceu que o entendimento atual “é no sentido de que não há violação à presunção de inocência”. O tema voltou ao plenário em abril no habeas corpus preventivo de Lula, que foi negado.

Votação

Em outubro de 2016, por 6 a 5, o STF negou os pedidos de medida cautelar para barrar a possibilidade de execução provisória de pena, como a prisão, após condenação em segunda instância.

Marco Aurélio já liberou para julgamento o mérito de outras ações sobre o tema, mas Cármen Lúcia resiste a levar o assunto novamente ao plenário. Cabe à presidente do tribunal definir a pauta das sessões plenárias – a ministra deixará o comando da Corte em meados de setembro deste ano.

Com agências 



ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENTÃ?RIOS (0)  

Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

10-01-2019 Bolsonaro defende prisão após segunda instância
19-12-2018 Toffoli derruba liminar de Marco Aurélio que soltava Lula
19-12-2018 Decisão de Marco Aurélio (STF) permite tirar Lula da prisão
30-06-2018 Gilmar rejeita pedido contra prisão em segunda instância
03-04-2018 "Execução de sentença após 4 instâncias aniquila Justiça"
20-03-2018 Artistas gravam vídeo de apoio à ministra Cármen Lúcia
VEJA MAIS

23-02-2019 Tensão e mortes agravam crise nas fronteiras da Venezuela
23-02-2019 O legado bolivariano
21-02-2019 Guedes vê reação positiva dos políticos com a Previdência
20-02-2019 Senador Bezerra Coelho (MDB) será líder do governo no Senado
21-02-2019 Governo ainda não pensa em demitir ministro do Turismo

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152