Brasília, 16 de Outubro de 2018
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

ELEI√á√ēES 2018
Bolsonaro lidera até entre mulheres e jovens 03.10.2018
Reprodução
Gr√°fico mostra evolu√ß√£o das inten√ß√Ķes

Da redação

Brasília - A pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (2) mostra um crescimento forte do candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, em um segmento em que ele vinha sofrendo fortes críticas e reações, inclusive com protestos de rua no último sábado em várias cidades do País: as mulheres.

Bolsonaro passou de 21% na pesquisa de sexta-feira (29) para 27% na pesquisa desta terça (2). Por sua vez, o candidato do PT, Fernando Haddad, caiu de 22% para 20%, no limite da margem de erro, de dois pontos para mais ou para menos.

Entre os eleitores do sexo masculino, Bolsonaro também ampliou a vantagem para Haddad: passou de 37% para 38%, enquanto o petista manteve os 22% da pesquisa anterior.

Entre os eleitores mais jovens, na faixa de 16 a 24 anos, Bolsonaro também cresceu, enquanto Haddad caiu: o capitão reformado passou de 28% para 32% e o petista desceu de 25% para 19%.

Por renda, Haddad ainda tem vantagem entre os eleitores mais pobres e menos escolarizados. Na faixa dos que ganham até dois salários mínimos, o petista tem 28% e o capitão reformado 21%, mas a diferença caiu em relação à última pesquisa. Entre os que têm nível fundamental, Haddad registra 27% e Bolsonaro 21%.

Regiões

As regiões Sul e Sudeste foram as que registraram maior crescimento do candidato do PSL: no Sul, Bolsonaro subiu de 35% para 44%, enquanto Haddad passou de 15% para 14%. No Sudeste, o capitão subiu de 31% para 36% e o petista caiu de 16% para 14%.

No Nordeste, onde a presença do PT é mais forte, por conta da liderança do ex-presidente Lula, Haddad lidera, mas a diferença entre ele e Bolsonaro caiu: na última pesquisa, Haddad tinha na região 38% das intenções de voto e Bolsonaro 16%. Agora, o petista caiu para 36% e o capitão subju para 20%.

O Centro-Oeste foi a única região em que Haddad registrou crescimento em relação à pesquisa anterior: passou de 17% para 20% e Bolsonaro caiu de 39% para 37%, dentro da margem de erro.

Com agências 



ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENT√?RIOS (0)  

Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

VEJA MAIS

16-10-2018 O trunfo é paus
16-10-2018 Rejeição a Haddad chega a 47%, aponta Ibope
15-10-2018 A nova estratégia populista
16-10-2018 Bolsonaro tem 59% e Haddad 41% na pesquisa Ibope
14-10-2018 Bolsonaro aceita debater com Haddad sem apoio de Lula

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152