Brasília, 20 de Janeiro de 2019
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

NOVO GOVERNO
Fux e magistrados elogiam escolha de Moro 02.11.2018
Divulgação
Ministro Fux apoiou escolha de Moro

Brasília - O ministro Luiz Fux , do Supremo Tribunal Federal (STF) , elogiou nesta quinta-feira a indicação do juiz Sergio Moro , da 13ª Vara Federal de Curitiba, para o Ministério da Justiça , feita pelo presidente eleito Jair Bolsonaro. De acordo com Fux, se a população fosse consultada sobre o melhor nome, também escolheria Moro.

"Excelente nome. Imprimirá no Ministério da Justiça a sua marca indelével no combate à corrupção e na manutenção das nossas instituições democráticas, prestigiando a independência da PF, MP e Judiciário. A sua escolha é a que a sociedade faria se consultada. É um juiz símbolo da probidade e da competência. Escolha por genuína meritocracia", ressaltou Fux.

ntidades de magistrados também elogiaram a escolha. Fernando Mendes, presidente de Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), afimou em nota que Moro "sempre foi um juiz federal exemplar e que muito contribuiu para o fortalecimento da Justiça Federal".

Jayme de Oliveira, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), ressaltou, também em nota, que o juiz "tem todas as credenciais para assumir o encargo e enaltecerá o Ministério da Justiça" e que a escolha "é também um reconhecimento à magistratura brasileira".

Presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Edvandir Felix de Paiva destacou que "Moro demonstrou ter conhecimento e capacidade substanciais para ocupar o cargo".

Marcos Camargo, presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), considera que "seu papel no enfrentamento ao crime do colarinho branco é evidenciado ao longo de sua história, seja na operação Lava Jato ou outras anteriormente realizadas".

Integrantes da força-tarefa da Lava-Jato também defenderam a indicação . O procurador Januário Paludo afirmou que as organizações criminosas têm muito mais a temer com Moro no ministério do que como juiz na Operação Lava-Jato.

O procurador Deltan Dallagnol usou o Twitter para defender o magistrado e criticar quem diz que Moro tinha aspirações políticas no Judiciário,

"Se o juiz Moro tivesse aspiração política, ele poderia ter se tornado presidente ou senador nas últimas eleições com alta probabilidade de êxito. Mentiras como essa serão repetidas, mas não vão abalar a Lava-Jato, em que atuam não só um juiz, mas 14 da primeira à última instância", escreveu.

Também pelo Twitter, Marcelo Bretas, juiz responsável pela Lava-Jato no Rio de Janeiro, parabenizou e desejou sucesso ao colega de Curitiba . Bretas elogiou o profissionalismo e a "dignidade pessoal" de Sergio Moro pouco depois dele ter aceitado o convite de Bolsonaro.

Com agências 



ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENTÃ?RIOS (0)  

Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

19-01-2019 Crônica de uma encrenca anunciada
09-01-2019 Porandubas Políticas
07-01-2019 A alma militar do político
08-01-2019 De onde menos se espera... vem estresse na economia
03-01-2019 Porandubas Políticas
31-12-2018 Começa a Era Bolsonaro
VEJA MAIS

19-01-2019 Coaf mostra 50 depósitos na conta de Flávio Bolsonaro
19-01-2019 Crônica de uma encrenca anunciada
18-01-2019 Bolsonaro assina MP para combater fraudes no INSS
18-01-2019 Palocci diz que entregou propina em dinheiro a Lula
17-01-2019 Supremo e o voto secreto no Senado

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152