Brasília, 16 de Junho de 2019
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

NOVO GOVERNO
Bolsonaro promete extraditar Battisti para Itália 05.11.2018
Divulgação
Batiste foi protegido por Lula

Brasília - O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (5) que fará "tudo o que for legal" para extraditar Cesare Battisti para a Itália "imediatamente".

Ex-ativista, Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália em 1993, sob a acusação de ter cometido quatro assassinatos no país nos anos 1970. Em 2010, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou o pedido de extradição apresentado pela Itália. O governo do país europeu já pediu novamente a extradição.

"Ele [ex-presidente Lula] decidiu, no apagar das luzes, dar status de refugiado a um terrorista italiano chamado Cesare Battisti. O que disse [no encontro com o embaixador da Itália] é que tudo o que for legal da minha parte nós faremos para devolver este terrorista para a Itália", afirmou Bolsonaro nesta segunda.

Questionado, então, se Battisti deve ser extraditado, respondeu: "Voltará para a Itália, sim, imediatamente. Volta para lá. Vai depender do Supremo Tribunal Federal esta decisão".

Bolsonaro deu as declarações ao conceder entrevista à TV Band. Ele comentou o encontro que teve mais cedo, nesta segunda, com o embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini. Após o encontro, Bernardini disse ter conversado com o presidente eleito sobre o caso Battisti.

Também nesta segunda, a Procuradoria Geral da República (PGR) pediu ao STF que dê preferência ao julgamento da ação em que decidirá se Battisti deve ser extraditado para a Itália.

Na opinião do presidente eleito, "seria bom" para o Brasil Cesare Battisti ser extraditado porque ele é um "bandido" e "criminoso".

Ajuda de Lula

No último dia de governo, em 2010, o então presidente Lula negou a extradição de Battisti.

A Itália, então, voltou a pedir para o governo brasileiro rever o caso. No entanto, o governo do presidente Michel Temer já afirmou que o assunto não tem sido tratado.

Em setembro de 2017, os advogados de Battisti entraram com um pedido no STF para impedir a possibilidade de o governo decidir extraditá-lo.

Cesare Battisti era membro do grupo Proletários Armados para o Comunismo (PAC). Ele nega envolvimento nos homicídios e se diz vítima de perseguição política.

Com agências 



ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENTÃ?RIOS (0)  

Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

27-03-2019 Porandubas Políticas
16-01-2019 Porandubas Políticas
14-01-2019 Cesare Battisti já cumpre pena em penitenciária na Sardenha
13-01-2019 Cesare Battisti foi preso na Bolívia e será levado para Itália
19-12-2018 Porandubas Políticas
14-12-2018 Temer decide extraditar Battisti, que está foragido
VEJA MAIS

16-06-2019 Levy renuncia ao BNDES apos desentendimento com Bolsonaro
16-06-2019 Aprendizado de uma semana infausta
14-06-2019 Aumento do consumo de água preocupa no DF
14-06-2019 Inflação desacelera e beneficia todas as classes
14-06-2019 Porandubas Políticas

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152