Brasília, 24 de Março de 2019
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

CORRUPÇÃO
PF apreende R$ 301 mil em apartamento de Kassab 19.12.2018
Divulgação
Kassab teria recebido propina

Brasília - A Polícia Federal encontrou R$ 301 mil em dinheiro vivo no apartamento do ministro Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações). O dinheiro foi achado durante buscas realizadas por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, nesta quarta-feira (19). Kassab (PSD) é alvo da delação premiada de executivos do grupo J&F.

A partir de janeiro, Kassab será o secretário da Casa Civil do governo João Doria (PSDB), em São Paulo.

Além dos R$ 301 mil, a PF apreendeu documentos na residência de Kassab, um apartamento situado nos Jardins.

Ao todo, a PF cumpre nesta quarta oito mandados de busca e apreensão. Além de Kassab, são alvo de mandados endereços relacionados ao governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD).

Segundo a PF, o objetivo da ação é “investigar o recebimento de vantagens indevidas”, entre os anos de 2010 a 2016, por parte de Kassab. Os repasses das empresas de Joesley e Wesley Batista teriam como objetivo garantir que Kassab defendesse os interesses do grupo e apoiasse a candidata do PT Dilma Rousseff (PT) na eleição de presidencial de 2014.

Além do apartamento do ministro em São Paulo, a PF também faz busca em endereços ligados ao irmão dele, Renato Kassab.

Tanto Kassab como Faria são investigados por corrupção passiva e falsidade ideológica eleitoral. Ao longo da investigação, diz a PF, descobriu-se que os repasses para Kassab e Faria teriam sido efetuados por meio da assinatura de contratos falsos com simulação de serviços entre as empresas do Grupo J&F e firmas indicadas pelos políticos.

Uma das empresas que teriam emitido essas notas é a Yape Consultoria, ligada à família de Kassab.

Aproximadamente 40 policiais federais dão cumprimento aos mandados de busca e apreensão, sendo 6 mandados no Estado de São Paulo e 2 no Rio Grande do Norte.

Defesa

Kassab emitiu uma nota para justificar os valores apreendidos: “Os valores possuem comprovação de origem e cumprem todos os requisitos legais. O ministro reafirma sua tranquilidade e confiança na Justiça.”

“O ministro confia na Justiça brasileira, no Ministério Público e na imprensa, sabe que as pessoas que estão na vida pública estão corretamente sujeitas à especial atenção do Judiciário, reforça que está sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários, ressalta que todos os seus atos seguiram a legislação e foram pautados pelo interesse público.”

Com informações do jornal O Estado de S.Paulo 



ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENTÃ?RIOS (0)  

Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

VEJA MAIS

24-03-2019 Marco Aurélio nega liberdade a Moreira Franco
24-03-2019 Duelo entre Bolsonaro e Maia afeta reforma da Previdência
23-03-2019 Três ultimatos, várias prisões
22-03-2019 Oposição reúne 6 partidos contrários a Reforma da Previdência
22-03-2019 Proposta dos militares divide opiniões de deputados

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152