Brasília, 28 de Março de 2020
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas

Anuncie Aqui

CORONAVÍRUS
Maia estima que serão necessários R$400 bi para crise 26.03.2020
Câmara dos Deputados
Maia cobra mais ação do governo

 Brasília – O presidente da Câmara Rodrigo Maia cobrou mais uma vez que o Executivo comande as ações de enfrentamento à pandemia. Segundo ele, o valor necessário para o enfrentamento da crise é entre R$ 300 bilhões a R$ 400 bilhões.

 
Maia citou a necessidade de pensar uma solução para os aluguéis das empresas que, com a crise, não teriam condições de serem pagos e lembrou que, na crise de 2008, o governo Lula garantiu que os bancos não quebrassem.
 
“Não é possível que a gente não possa garantir aos trabalhadores informais uma renda por esse período de três meses e avaliando esse cenário a cada semana, porque isso é um cenário de guerra. É importante que a gente possa aplicar os recursos [públicos] também na sociedade brasileira”, disse.
 
“Não acho que a gente deva olhar R$ 5 bilhões ou R$ 10 bilhões, do meu ponto de vista, a gente teria que gastar para enfrentar a crise, R$ 300 bilhões, R$ 400 bilhões, mas o que a gente precisa é que as despesas de 2020 fiquem limitada ao ano de 2020”, afirmou o presidente da Câmara.
 
Para Rodrigo Maia, o melhor caminho é o diálogo e que cabe ao presidente da República liderar esse processo, como, por exemplo, convocar uma reunião com todos os poderes para que, em conjunto, possam encontrar as soluções.
 
De acordo com Maia, o momento agora é deixar as divergências de lado para dar segurança aos brasileiros neste momento de crise. Caso contrário, na avaliação do presidente da Câmara, as pessoas vão sair do isolamento, aumentar as contaminações, colapsar o sistema de saúde e criar uma “tempestade perfeita” para crise se aprofundar.
 
“Precisamos dar previsibilidade para que as pessoas possam continuar nas suas residências, e que os empregadores saibam que seus negócios continuarão existindo, mas é o Executivo quem pode organizar isso”, cobrou.
 
Fonte: Agência Câmara de Notícias
 
 


ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER
COMENTE ESTE ARTIGO   LEIA COMENTÃ?RIOS (0)  

Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal Voltar a Página Principal
CONTEÚDO RELACIONADO

27-03-2020 Brasil fecha as fronteiras aereas para todos os paises
27-03-2020 Maia apela por isolamento e pede pacote integrado de açoes
27-03-2020 Governo anuncia R$ 40 bi para pagar salário na pequena empresa
26-03-2020 Maia estima que serão necessários R$400 bi para crise
26-03-2020 Senado vota segunda auxílio mensal de R$ 600,00 para os informais
26-03-2020 BC prevê que política de isolamento aprofunda risco de recessão
VEJA MAIS

27-03-2020 Brasil fecha as fronteiras aereas para todos os paises
27-03-2020 Maia apela por isolamento e pede pacote integrado de açoes
27-03-2020 Governo anuncia R$ 40 bi para pagar salário na pequena empresa
26-03-2020 Maia estima que serão necessários R$400 bi para crise
26-03-2020 Senado vota segunda auxílio mensal de R$ 600,00 para os informais

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152