Brasília, 25 de Junho de 2017
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV CâĘmara | TV Senado | Agendas
1

Anuncie Aqui

FHC atravessa o rio e rompe com o governo Temer 16.06.2017

São Paulo -- Depois de comparar o governo Michel Temer a uma “pinguela”, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso declarou em nota a Agência Lupa nesta quarta-feira (14), que "preferiria atravessar a pinguela, mas, se ela continuar quebrando, será melhor atravessar o rio a nado". 

O ex-presidente, que não participou do encontro da Executiva Nacional do PSDB que decidiu permanecer no governo federal, revelou posicionamento diferente: "se tudo continuar como está, com a desconstrução contínua da autoridade (de Temer) pior ainda se houver tentativas de embaraçar as investigações em curso, não vejo mais como o PSDB possa continuar no governo". 
 
No texto, o ex-presidente também fala da necessidade de "devolver a legitimação da ordem à soberania popular" –sem, no entanto, fixar datas ou esclarecer se faz uma defesa aberta da convocação de eleições diretas. 
 
Também diz que "a maior responsabilidade" é do presidente Michel Temer e que é ele quem tem que decidir "se ainda tem forças para resistir e atuar em prol do país". O ex-presidente classifica a atual crise como grave, uma "quase anomia" (estado de ausência de regras e normas). Lamenta que falte ao cenário nacional o que "os politicólogos chamam de legitimidade". 
 
O ex-presidente propõe uma saída para a crise política em que o país está imerso: "ou se pensa nos passos seguintes em termos nacionais e não partidários nem personalistas ou iremos às cegas para o desconhecido". 
 
Com agências

ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER

Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal
VEJA MAIS

23.06.2017 STF abre novo inquérito contra Aécio Neves
22.06.2017 Maioria do STF vota por manter dela√ß√Ķes da JBS
22.06.2017 Andrea Neves j√° est√° em pris√£o domiciliar
22.06.2017 Banco Central estima que inflação de 2017 fique em 3,8%
22.06.2017 Picciani defende intervenção ou impeachment de Pezão

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152