Brasília, 16 de Outubro de 2018
Página inicial
Quem somos
Contato
Cadastre-se
Anuncie aqui
Notíias | Entrevistas | Notas | Artigos | Enquete | TV Câmara | TV Senado | Agendas
1

Anuncie Aqui

Senado não reelege caciques e enfrenta forte renovação 08.10.2018

 Brasília – Com forte renovação de candidatos, o MDB, Rede e PP são os partidos que mais elegeram senadores nas eleições deste ano. Os eleitores definiram neste domingo (7) os 54 senadores que vão compor a Casa junto aos demais 27, eleitos em 2014. A partir de 2019, o Senado Federal será composto por 81 senadores de 21 partidos diferentes.

O eleitor votou duas vezes para senador. O mandato de senador é de 8 anos e cada senador eleito representa uma chapa, que é formada por três nomes: titular, 1º suplente e 2º suplente. Os suplentes assumem o mandato apenas em caso de afastamento do titular.
 
Em 2010, última eleição na qual 2/3 da Casa também foram renovados, os senadores eleitos eram principalmente de MDB (14), PT (11) e PSDB (6). Em seguida, três partidos elegeram quatro senadores naquele ano: PR, PP e PSB.
 
Neste ano, a sigla que mais ganhou cadeiras no Senado ainda foi o MDB, com 7 senadores eleitos. A Rede Sustentabilidade, partido criado pela ex-senadora e candidata a presidente Marina Silva, elegeu cinco senadores. Rede e PP têm cinco senadores cada um.
 
Depois, cinco siglas conseguiram quatro senadores cada um: DEM, PSD, PT, PSDB e PSL. Nas eleições anteriores, o PSL, que abriga o candidato a presidente Jair Bolsonaro, nunca tinha eleito um senador. O PTC é o único partido que já tinha representação na Casa e, com o resultado deste domingo, não aumentou a bancada.
 
Já os partidos PMN, PSOL e PCdoB tinham elegido um senador cada um nas eleições de 2010, mas não emplacaram nenhum nome neste ano.
 
Atualmente, há 35 partidos políticos no Brasil. Em 2010, eram 27. Os seguintes partidos foram registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a partir de 2010 e, por isso, não participaram das eleições daquele ano: PSD, PPL, PATRI, PROS, SD, Novo, Rede e PMB.
 
Veja os nomes dos senadores eleitos em cada estado e no DF:
 
 
Senadores eleitos nas eleições de 2018
 
UF Vaga 1 Vaga 2
 
AC Sérgio Petecão (PSD) Márcio Bittar (MDB)
 
AL Rodrigo Cunha (PSDB) Renan Calheiros (MDB)
 
AM Plinio Valerio (PSDB) Eduardo Braga (MDB)
 
AP Randolfe Rodrigues (Rede) Lucas Barreto (PTB)
 
BA Jaques Wagner (PT) Angelo Coronel (PSD)
 
CE Cid Gomes (PDT) Eduardo Girão (PROS)
 
DF Leila do Vôlei (PSB) Izalci Lucas (PSDB)
 
ES Fabiano Contarato (Rede) Marcos do Val (PPS)
 
GO Vanderlan Cardoso (PP) Jorge Kajuru (PRP)
 
MA Weverton (PDT) Eliziane Gama (PPS)
 
MG Rodrigo Pacheco (DEM) Carlos Viana (PHS)
 
MS Nelsinho Trad (PTB) Soraya Thronicke (PSL)
 
MT Selma Arruda (PSL) Jayme Campos (DEM)
 
PA Jader Barbalho (MDB) Zequinha Marinho (PSC)
 
PB Veneziano Vital (PSB) Daniella Ribeiro (PP)
 
PE Humberto Costa (PT) Jarbas Vasconcelos (MDB)
 
PI Ciro Nogueira (PP) Marcelo Castro (MDB)
 
PR Professor Oriovisto (PODE) Flavio Arns (Rede)
 
RJ Flávio Bolsonaro (PSL) Arolde de Oliveira (PSD)
 
RN Capitão Styvenson (Rede) Dra. Zenaide Maia (PHS)
 
RO Marcos Rogério (DEM) Confúcio Moura (MDB)
 
RR Chico Rodrigues (DEM) Mecias de Jesus (PRB)
 
RS Luis Carlos Heinze (PP) Paulo Paim (PT)
 
SC Esperidião Amin (PP) Jorginho Mello (PR)
 
SE Alessandro Vieira (Rede) Rogério Santos (PT)
 
SP Major Olímpio (PSL) Mara Gabrilli (PSDB)
 
TO Eduardo Gomes (SD) Irajá Abreu (PSD)
 
Fonte: TSE
 

ABC POLITIKO - LINHA DIRETA COM O PODER

Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal Voltar a P√°gina Principal
VEJA MAIS

10.10.2018 Datafolha traz Bolsonaro com 58% e Haddad 42%
10.10.2018 Perillo é preso pela PF acusado de receber propina
10.10.2018 TRF-4 nega pedido de Lula contra delação de Palocci
10.10.2018 Haddad diz estar aberto ao di√°logo com militares
10.10.2018 Democratas e PR liberam l√≠deres e militantes no 2¬ļ turno

VEJA TODOS

SRTVN Quadra 701 Bloco B Sala 826 - Centro Empresarial Norte | Brasília - DF | CEP 70710-200 | Fone: (61) 3328-2991 | Fax: (61) 3328-2152